Levando conectividade, Nexa integra soluções Cisco para o projeto Piauí Conectado

Posted by: Marketing Nexa
Category: Notícias

Programa Cisco Networking Academy Rede beneficia gratuitamente mais de 2,5 milhões de pessoas em 101 municípios

Em uma iniciativa inovadora no Brasil, a Nexa foi a parceira Cisco escolhida para planejar e integrar soluções de tecnologia do Projeto Piauí Conectado, que visa melhorar a vida da população piauiense através da conectividade.

A prioridade era atender as áreas de educação, saúde e segurança, embora todos os órgãos estaduais tenham se beneficiado, possibilitando ofertar mais serviços e com mais eficiência, mesmo em tempos de pandemia.

Projeto já levou conectividade para 85% da população

Concebido sob a forma de uma Parceria Público Privada (PPP), iniciada em 2018, entre o Governo do Estado do Piauí e a empresa vencedora, GlobalTask, que contratou a Nexa para as soluções de tecnologia. Essa PPP provê conexão de alta velocidade, na ordem de 43Gbps, para mais de 101 municípios do estado, beneficiando 85% da população – mais de 2,5 milhões de pessoas.

A implantação de toda essa rede já custou mais de R$ 100 milhões e empregou direta e indiretamente mais de 500 pessoas. A previsão de expansão para todos os 224 municípios piauienses está em andamento.

“Foram diversos os desafios da Nexa, desde desenhar uma arquitetura de soluções Cisco, que atendesse aos requisitos técnicos previstos no edital, com escalabilidade e vantagens econômicas, até ofertar um modelo comercial diferenciado, que se encaixasse com a Engenharia Financeira da SPE, já que o cliente só começaria a receber a contrapartida mensal de acordo com os pontos instalados”, Gustavo Bastos, diretor Comercial da Nexa.

Internet de qualidade abriu possibilidades

Essas soluções tornaram possíveis mais de 1.500 pontos de conexão que, desde outubro de 2020, oferecem internet de qualidade com disponibilidade próxima de 100%. Antes do projeto, a conexão à internet em alguns locais não era superior a 1Mbps. A baixa velocidade e instabilidade prejudicavam o atendimento ao cidadão, os serviços públicos oferecidos de forma virtual e, consequentemente, a parte da sociedade mais carente que precisava se deslocar em busca dos serviços.

Ponto de internet da Piauí Conectado em uma praça levando conectividade

Foram instalados 199 Pontos de Acesso Públicos ao longo do estado, levando internet de qualidade à locais de pouca acessibilidade, como praças públicas, já que em muitos desses locais, não havia sinal de celular adequado. Por meio desses pontos, mais de 375.000 dispositivos já se conectaram à internet.

O projeto foi implementado no momento mais delicado da pandemia e por meio da plataforma de reuniões virtuais Cisco Webex, ofertada pela Nexa, a SPE Piauí Conectado pode permitir que mais de 500 famílias visitassem entes com COVID-19 internados em hospitais. A área da saúde teve, além do Gabinete de Crise para ações ao enfrentamento da COVID-19, 80 pontos conectados à rede.

Programa Cisco Networking Academy

Outro ponto marcante dessa parceria entre Piauí Conectado, Cisco e Nexa, foi a implementação do Programa Cisco Networking Academy. Através dessa iniciativa, foram capacitadas mais de 5.000 pessoas, alfabetizando-as digitalmente e as preparando para o mercado de trabalho.

A Nexa, enquanto integrador tecnológico do projeto, e a SPE Piauí Conectado já contrataram profissionais certificados no programa para operação direta no Projeto, que inclusive fez com que a Nexa fosse reconhecida pela Cisco com o prêmio ‘Social Impact Partner of the Year’.

Atualmente são 525 pontos interligando a área de educação. Isso significa que escolas que outrora estavam desconectadas, podem ofertar acesso à internet para os alunos, com mais qualidade e gerando oportunidades de educação. Fora isso, a escola terá mais facilidade de gestão, comunicação e interação com a Secretaria responsável.

Hospitais e segurança também foram beneficiados

Postos, UPAs e hospitais hoje prestam um melhor serviço e possibilitam, inclusive, a aplicação de telemedicina, levando mais qualidade de atendimento às pessoas que precisam. Além de melhorar o atendimento, a conectividade possibilita a marcação de consultas de forma humana e inteligente, evitando lotação nas unidades e filas enormes que começavam a se formar ainda de madrugada.

Já a segurança foi beneficiada com 215 pontos. O projeto interliga instituições, provendo serviços digitais como registro de ocorrências e consultas, além de possibilitar mais velocidade no acesso a informações da justiça e utilização de videoconferência. As possibilidades são inúmeras e todas visam trazer mais paz e tranquilidade à população.

Para completar, 38 pontos interligam a fazenda estadual, trazendo agilidade para o cidadão em busca de serviços tributários ou regularização de empresas, enquanto 497 outros pontos interligam demais entes da administração pública à rede corporativa.

Realidade do Brasil

Segundo a ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações, a cada 100 domicílios brasileiros, 51 têm acesso à internet com banda larga fixa. São 36 milhões de acessos. Quando o foco é o Nordeste, a proporção de endereços com conexão à internet banda larga fixa cai drasticamente, de 51% para 28,5%, com 5,2 milhões de acessos.

Isso mostra um pouco das desigualdades do país, tecnológica e economicamente falando, pois o acesso à internet, principalmente o de banda larga fixa, está longe de ser democrático como o celular, que nesta mesma região, tem quase 89% dos habitantes com algum plano de dados.

O Piauí Conectado está democratizando e universalizando o acesso à internet de qualidade e alta velocidade, contribuindo também para a melhoria do estado através de ações sociais e da educação tecnológica, além do desenvolvimento profissional do seu povo. A história de sucesso chamou a atenção e hoje outros estados vem buscando a parceria.

Piauí Conectado em números 

  • +5.000 Alunos foram capacitados e melhoraram sua empregabilidade por meio da Cisco Networking Academy.
  • Por meio da plataforma de reuniões virtuais Cisco Webex mais de 500 Famílias visitaram entes com COVID-19 internados em hospitais.
  • +1 milhão De pessoas que precisavam se cadastrar para o recebimento do auxílio emergencial foram apoiadas pelo projeto.
  • Educação 525 pontos de conexão
  • Saúde 80 pontos de conexão
  • Segurança 215 pontos de conexão
  • Fazenda Estadual 38 pontos de conexão
  • Administração Pública 497 pontos de conexão

CONFIRA ESTE CASO DE SUCESSO NA MÍDIA

ENVIAR MENSAGEM
Estamos online!